Young quer CPI para investigar concessões de ônibus em SP

RenattodSousa/CMSP
PLENARIO-1862013-Rtto__0517 

O vereador Ricardo Young (PPS) protocolou um pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as concessões de ônibus na cidade de São Paulo. “Essa caixa preta precisa ser aberta”, declarou o parlamentar durante a sessão desta terça (18/6), referindo-se às planilhas de custo das empresas, que não são divulgadas pela Prefeitura.

O parlamentar quer que a Câmara analise como as concessionárias empregam os recursos que recebem, pois pairam fortes suspeitas sobre as contas dessas empresas. Para ele, o sistema de transporte da cidade está em “colapso”, oferecendo um serviço ruim por um preço alto.

“Nós só vamos conseguir lidar com esse colapso se tivermos a coragem de mergulhar fundo naquilo que orientou o atual sistema e nos vícios que esse sistema tem”, acredita Young.

Por fim, o vereador defendeu que o prefeito Fernando Haddad volte atrás no aumento da tarifa de R$ 3,00 para R$ 3,20, estopim do protesto que reuniu milhares de pessoas na cidade ontem: “Porque não há nenhuma segurança de que esse aumento não estará sendo absorvido na ineficiência e na corrupção do próprio sistema”.

(18/6/2013 17:50)

—-

Opinião: CPI é um instrumento que ora funciona, ora se perde em interesses nada claros. Desconfio que a CMSP possa fazer uma boa CPI por si só. Só irá funcionar se todos os tem participado das manifestações acompanharem de perto esses trabalhos. Nós estaremos acompanhando tudo, bem de perto.
@rafascarvalho

Segundas Paulistanas: Mobilidade Urbana

Ontem aconteceu mais uma “Segundas Paulistanas”, dessa vez o tema foi “Mobilidade Urbana”. Participei do evento e achei ele positivo para entender a complexidade e a briga de interesses que existe dentro do tema.

As “Segundas Paulistanas” acontecem toda primeira segunda-feira do mês dentro da Câmara Municipal de São Paulo. Ontem aconteceu no Plenário.

Fotos do evento aqui.