Em meio a eleições e falta de acordo, CMSP não tem reunião de Líderes

Uma das reuniões que considero mais importante dentro da CMSP é a reunião do Colégio de Líderes. É nela onde as pautas das sessões plenárias são discutidas e dificilmente algum projeto que não seja levado a esta reunião é aprovado.

Todos os líderes de bancadas podem participar, veja abaixo a lista das lideranças partidária e de governo:

Líderes de Bancada

 

BLOCO PARLAMENTAR DEM/PR
Milton Leite
PARTIDO REPUBLICANO DA ORDEM SOCIAL
Noemi Nonato
PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL
Netinho de Paula
PARTIDO SOCIAL DEMOCRÁTICO
José Police Neto
PARTIDO HUMANISTA DA SOLIDARIEDADE
Laércio Benko
PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA
Floriano Pesaro
PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO
Ricardo Nunes
PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE
Toninho Vespoli
PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO
Eliseu Gabriel
PARTIDO DOS TRABALHADORES
Líder: Alfredinho
Vice-Lider:Senival Moura
PARTIDO POPULAR SOCIALISTA
Ricardo Young
PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO
Líder: Paulo Frange
Vice-Líder: Conte Lopes
PARTIDO REPUBLICANO BRASILEIRO
Atílio Francisco
PARTIDO VERDE
Dalton Silvano
PARTIDO PROGRESSISTA
Pr. Edemilson Chaves
Líderes de Governo
Líder
Arselino Tatto

 Sempre que possível, procuro acompanhá-la, até porque o vereador Ricardo Young participa delas.

Para minha surpresa, nesta terça-feira ao entrar no link dos Auditórios Online do site da CMSP, não havia transmissão. Ao questionar o vereador Ricardo Young sobre o que teria acontecido, recebi a resposta: “Não teve. Recebemos um email desmarcando sem citar o motivo.”

Achei muito curioso isso, e resolvi perguntar para outros líderes para ouvir outras opiniões. Encaminhei, via Twitter, o questionamento para os vereadores: Police Neto (PSD), Floriano Pesaro (PSDB) e José Américo (PT). Apenas o presidente da CMSP José Américo não respondeu. Veja abaixo as respostas:

Apesar de serem 3 respostas diferentes, não acredito que elas sejam excludentes. Na minha opinião: há impasse sobre PLs, o governo não tem maioria para aprovar e a oposição não tem interesse em ajudar. Diante disso, o presidente José Américo não convocou reunião, pois sabia que não havia acordo. Com isso, o vereador Ricardo Young, que representa uma bancada de 1 vereador (ele mesmo), não foi consultado e apenas informado que não haveria a reunião.

Mas será que o impasse é apenas sobre os PL’s ou os vereadores não tem interesse em votar nada em época de eleições? Para descobrir isso, vamos fazer encaminhar um pequeno questionário para os vereadores candidatos e descobrir o que esta acontecendo (ou não) na CMSP.

@rafascarvalho

Anúncios

Aconteceu na última reunião da atual Mesa Diretora

Por Alecir Macedo – Integrante da Rede Adote um Vereador

Paulo Bacararin -Procurador Chefe da Câmara- “…o Ministro Joaquim Barbosa está acima de Deus”

Como sempre começou com um atraso de aproximadamente 27 minutos, como de costume, com a chegada do Senhor Presidente José Américo. Com a presença de alguns dos novos integrantes (eleitos no último dia 15, para o ano legislativo de 2014), vereadora Marta Costa (Vice-Presidente), George Hato e Conte Lopes. Apesar da mesa cheia, a reunião começou sem quórum, estavam presentes além do presidente, os vereadores Claudinho de Souza e Gilson Barreto (ambos do PSDB).

Enquanto aguardavam a chegada do vereador Marco Aurélio Cunha (PSD) para completar quórum, aproveitaram para fazer o lançamento da revista Parlamento e Sociedade -aqui um adendo, a Editora Globo e as demais que se cuidem, a Câmara Municipal está se revelando como uma grande concorrente-.

Encerrado o lançamento da revista, foram apresentados os “integrantes do comando da Casa” aos novos componentes da Mesa Diretora: João Bezerra de Menezes -Contador de carreira -na Casa há 30 anos-, Gilberto Rodrigues Hashimoto -Diretor do Depto. de Economia e Orçamento -na Casa há 24,5 anos-, Fernando Ventura Ribeiro -Coordenador do Centro de Tecnologia e Informação -na Casa há 29 anos-, Delfim Roberto Machado -Secretário de Infraestrutura – na Casa há 22 anos-, Raimundo Batista -Secretário Parlamentar Adjunto -na Casa há 25 anos-, Celso Gabriel -Secretário de Recursos Humanos -na Casa há 30 anos-, Meire Regina Hernandes -Comissão de Licitações -na Casa há 01 anos-, Roberto Assad -Secretário de Assistência e Saúde- na Casa há 33 anos-, José Carlos de Teixeira Camargo -Coordenador do Centro de Comunicação Institucional- na Casa há 39 anos-, Paulo Bacararin -Procurador Chefe da Câmara – na Casa há 17 anos-, Rodrigo Ravena -Secretário Geral Administrativo -na Casa há 34 anos- e “Camilinho” encarregado de apresentar os demais e esqueceu-se de sua apresentação.

“Gentem, vamos começar a tocar a pauta, se tiver alguma coisa mais delicada a gente adia” continuou o Presidente José Américo, chamando a pauta do dia, sem quórum para deliberação, o vereador Marco Aurélio ainda não havia chegado. Dentre os assuntos discutidos estava a renovação ou não do contrato com a empresa que fornece os tablets para os vereadores, a solução foi cancelar o contrato e fornecer chips aos vereadores interessados ou a liberação do acesso a internet, conforme sua preferência e o uso de seus próprios equipamentos (Tablets ou Smartphones), uma vez que poucos vereadores utilizam os equipamentos.

Exatamente às 11,44 horas, o vereador Marco Aurélio Cunha completou o quórum e a reunião teve seu prosseguimento normal, sem ao menos ser anunciada sua presença como é -ou era- o costume.

Durante as apreciações de diversos processos de licitações e/ou pregões, o presidente mais uma vez resolveu destilar seu veneno contra o Voto Consciente e a rádio CBN. Citando toda a polêmica causada durante o primeiro semestre com o fechamento das reuniões ao público, aproveitou para criticar a ausência do movimento as reuniões, segundo ele, que teriam acompanhando duas ou três reuniões e que a rádio CBN não tem capacidade técnica para entender de processos licitatórios. Quanto a CBN eu não sei, mas quanto ao Voto Consciente não comparece as reuniões devido ao desrespeito e descumprimento aos horários estabelecidos pelo presidente -leia matéria assinada pelo seu Diretor Danilo Barboza, em 03/09/12, clicando aqui.

Em discussão a demissão do dentista-chefe da Casa, por reclamação de mal atendimento ao presidente em uma emergência, o Senhor “Camilinho” soltou a seguinte frase, sem nenhuma cerimônia: “A área médica deu uma decaída nestes últimos dois anos… nós fizemos um Albert Einstein aqui quando reformamos e deu uma caída para Hospital do Tatuapé“.

Provocado pelo vereador Conte Lopes, o presidente solicitou ao Procurador Geral, Dr. Paulo Bacarin, que fizesse uma explanação do porque os vereadores não recebem 13º salário em São Paulo. Devido a extensão do assunto destaco apenas um comentário do Senhor Procurador: “Este processo estava com um Ministro Ilustre do STF, chamado Joaquim Barbosa, como ele é acima de todo mundo e está acima do bem e do mal, ele não recebe advogados… o Ministro Joaquim Barbosa está acima de Deus…” e continuou”…felizmente para nós agora os processos dele passaram para o Ministro Barroso, que eu acho que é um cara mais sensato e acessível, bem mais técnico, com capacidade técnica infinitamente superior”.

O vídeo referente a reunião está a disposição no Portal da CMSP, clique aqui e na busca coloque 17/12/2013 e Mesa Diretora – Reuniões Orinárias.

Assista o vídeo e forme sua opinião a respeito, como cidadão e voluntário na Rede Adote um Vereador, me recuso a comentar ou responder aquilo que é dito sem noção por alguém que ganha muito bem, cercado por assessores, para nos representar na Câmara Municipal.

Leia mais: http://www.adoteumvereadorsp.com.br/news/aconteceu-na-ultima-reuni%C3%A3o-da-atual-mesa-diretora/